sábado, 21 de janeiro de 2012

sinto









Mas eu sinto, sabes? Sinto muito as coisas. Tudo, todos. Mesmo que eu tente esconder, mesmo que eu tente não me mostrar. Mesmo que eu disfarce. Eu sinto tudo demais. E é por isso que às vezes as coisas doem tanto.


Eu sei que você já sentou no chão do banheiro e chorou com a porta trancada, por medo de alguém te ver chorando. E eu sei que você já segurou o choro, e fazer isso doeu. E muito. 

25 comentários:

nicolemorais disse...

concordo!

dii ♥ disse...

mesmo , gosto *
sigo (:

nicolemorais disse...

sim, eu não li o livro "Dear John", vi o filme.

nicolemorais disse...

também a mim :b somos umas choronas, ahahah!

Lia disse...

é mesmo, mas às vezes tem que ser.
eu também sinto *

Me disse...

Olá Sara, venho responder-te a uns comentários, desculpa lá a demora, mas tem estado difícil.

Em relação ao assunto da auto-estima, eu acho que todos temos alturas em que não gostámos de nós, pelo menos o comum dos mortais, não falo daquele tipo que não vê mais nada à frente senão a sua própria pessoa. Eu, pessoalmente, sou um bocado inconstante no que toca a auto-estima. Tanto me sinto bem e bonita, como me consigo sentir feia, também depende das alturas.
Mas conheço pessoas que tem uma auto-estima tão baixa que não passam de imitações, e sinceramente, acho que isso é uma pena, porque cada pessoa, cada pessoa deste tão vasto mundo em que vivemos tem uma coisa, pelo menos uma coisa que se aproveite e que é poderosa, só temos de ser inteligentes o suficiente para o vermos e não deitar tudo por água abaixo porque não nos dá-mos ao trabalho de pensar em nós.

Em relação aos homens, o que noto muito é que "cantam de galo". Está claro que a guerra entre homens e mulheres nunca vai acabar, ora porque eles isto, ora porque elas aquilo, é normal e é bom que assim seja, é necessário um pouco de competição, agora eu, como parte do sexo feminino, argumento a meu favor, e um facto é que os homens, vá a maior parte deles, que acredito que hajam excepções, ainda que poucas, tem muitas espinhas em relação àquilo que eles acham que as mulheres passam.
Mas vai ser sempre assim, porque não os conseguimos pôr na pele de mulheres por um dia para verem o que é.

Marina Torres disse...

Ora nem mais ;)
E é por sentirmos, que as coisas magoam :x

TDelMona disse...

oh, és tão fofinha * um doce (:

nicolemorais disse...

se estava *.*

Marina Torres disse...

A sério querida??

dii ♥ disse...

obrigada querida (:

Marina Torres disse...

Obrigada querida :) é bom saber isso.

nicolemorais disse...

às vezes é complicado :/

nicolemorais disse...

falas do gosto que temos quando tudo termina? então e o meio disso tudo? o todo que sofremos? :s

Marina Torres disse...

Foste uma querida por teres dado a tua opinião (:

nicolemorais disse...

quando conheci esta pessoa, eu estava num momento difícil, em tentar esquecer a pessoa de quem gostava. e ele ajudou-me. muito. mas agora que ele foi, a minha vida está realmente uma merdinha.

nicolemorais disse...

mais ou menos. o "b." para quem eu escrevo, foi meu namorado em 2009. em 2010 eu ainda o amava. well, amei-o até à umas semanas. e o "d." que é esta pessoa que se foi embora, apareceu na minha vida em 2010. éramos muito amigos, e ele ajudou-me muito. e ele agora foi-se embora. e sim, agora sinto-me pior. tenho-me sentido pior desde que ele foi, que já foi em julho.
pois, é complicado voltar-mos a ser o que éramos antes de tudo.

Lia disse...

é, não é? e parece sempre que sentimos mais que os outros e então acabamos sempre por nos magoar mais, e oh, é tão injusto

TDelMona disse...

és uma doçura e está lindo *

nicolemorais disse...

chegámos a estar juntos, sim. mas depois ficámos melhores amigos. ele era mesmo o meu melhor amigo.
eu sei, mas eu não queria que ele fosse o tal, queria que não me tivesse deixado.

Lia disse...

pois é. e não conseguimos mudar isso

dii ♥ disse...

(:

NádiiFilipaa ♔ disse...

Não é nada verdade xD
Gostoo bué linda

Marina Torres disse...

Verdade, querida. :)

alexandrapinto. disse...

pronto princesa, desde que estejas bem!*